Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
Icone Notícia

Desenvolvimento Urbano - Quinta-feira, 09 de Janeiro de 2020

Obra das 50 casas CDHU em Pompeia atinge 75% de conclusão e prazo para inscrições deve ser anunciado em breve

Entrega das residências está prevista para agosto, mas pode ser antecipada


Obra das 50 casas CDHU em Pompeia atinge 75% de conclusão e prazo para inscrições deve ser anunciado em breve

A obra das 50 casas da CDHU continua com ótimo desempenho e atingiu a marca de 75,13% de conclusão em dezembro de 2019. A prefeita Tina Januário já trata sobre o início das inscrições para o sorteio das moradias com Fernando Itapuã, gerente regional da Companhia. Segundo a chefe do executivo, as inscrições devem ser lançadas nos próximos meses e serão amplamente divulgadas, e com antecedência, para que toda a população interessada tome conhecimento da oportunidade. Servidores da Prefeitura receberão treinamento, promovido pela CDHU, para orientar as inscrições que poderão ser realizadas pela internet, por meio do site da CDHU ou de aplicativo.

“Estou muito feliz com a notícia, porque nossa população precisa dessas casas populares. Habitação é uma das prioridades do nosso governo, desde que assumimos. Agradeço o empenho da CDHU, do Fernando Itapuã, gerente regional. O ritmo do trabalho é muito bom e em breve a obra estará concluída, o que será muito bom para os pompeianos e pompeianas”

Atualmente, as residências já contam com portas, janelas, pisos e azulejos instalados e recebem pintura e ações de acabamento.

Os próximos serviços previstos para o local são a construção de guias, sarjetas e a pavimentação das ruas do loteamento, localizado na Vila de Paulópolis. Postes e calçadas também serão instalados em breve.

A rede de água e tratamento de esgoto da Vila também será ampliada para receber os novos moradores. Apesar da ação, o prazo de entrega da obra não sofrerá alterações e pode até ser antecipado.

“A previsão está mantida pela execução do projeto. A princípio, a previsão é para agosto, mas dá para antecipar para maio ou junho”, disse Nelson Yoshio Tanaka, gerente de obras da CDHU.

FacebookTwitterWhatsApp

voltar para a listagem de notícias...