Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
Icone Notícia

Saúde - Terça-feira, 23 de Junho de 2020

Pompeia tem o menor número de casos de COVID-19 por habitantes na microrregião de Marília a Tupã

Desde o início da quarentena, a cidade permaneceu por 74 dias sem nenhum caso do novo Coronavírus. Além disso, Pompeia já realizou três vezes mais testes de COVID-19 que a média do estado de São Paulo


Pompeia tem o menor número de casos de COVID-19 por habitantes na microrregião de Marília a Tupã

Dados obtidos através da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados e dos órgãos de saúde municipais até segunda-feira (22), colocam Pompeia como a melhor cidade na microrregião de Marília a Tupã em números de casos de COVID-19 por habitantes. A cidade contabiliza seis casos confirmados do novo Coronavírus - um caso positivo para cada 3143 habitantes, melhor desempenho no enfrentamento a COVID-19 até o momento, entre as cidades vizinhas.

Segundo os dados, Tupã aparece depois de Pompeia com um caso para cada 1819 habitantes. As posições intermediárias são ocupadas por Quintana com um portador do novo Coronavírus para cada 1659 habitantes, Oriente que conta com um para 1085 munícipes e Marília que tem um paciente confirmado para cada 908 habitantes. Já Herculândia e Queiroz estão com a situação bem mais delicada. Herculândia tem um caso para cada 529 habitantes e a pequena Queiroz tem 1 caso para cada 340 munícipes.

Por trás dos números, que também colocam Pompeia como a terceira melhor entre as cidades com mais de 20 mil habitantes de toda a região administrativa, que conta com 51 cidades, e em 5º entre os municípios com mais de 10 mil habitantes, está uma série de medidas adotadas pela administração municipal para o controle e combate ao novo Coronavírus.

No dia 15 de março, a cidade anunciou a paralisação de projetos e serviços públicos que ocasionam aglomeração, como o Centro Dia do Idoso “Thereza Sperandio Moro”, Academia Municipal Vida, Clube JK, Universidade Virtual do Estado de São Paulo, Escolinhas Municipais de Esportes, Projeto Tempo Útil, Escolas e Creches municipais.

Posteriormente, em 20 de março, a Prefeitura e a Associação Comercial e Empresarial de Pompeia oficializaram o Decreto nº 5.488, que suspendeu o atendimento presencial ao público em estabelecimentos comerciais e vedou o funcionamento de estabelecimentos voltados à realização de festas, eventos ou recepções.

Desde a primeira ação, que determinou o início da quarentena, Pompeia permaneceu por 74 dias sem nenhum caso confirmado do novo Coronavírus, que foi constatado na cidade apenas no dia 29 de maio. Neste período, Pompeia realizou e foi pioneira em diversas ações, como a desinfecção de áreas de grande circulação - que acontece diariamente até o momento - distribuição de máscaras para toda a população, aquisição de testes rápidos, intensificação da entrega de cestas básicas, aferição de temperatura em locais com grande movimento e realização de barreiras sanitárias na entrada da cidade.

Além disso, os alunos da rede municipal permaneceram em ritmo intenso de aprendizagem em suas residências com a distribuição das apostilas com exercícios e o uso de aplicativo de mensagens para a comunicação entre os profissionais da educação e familiares.

| TESTES

O governo municipal realizou um balanço dos testes de COVID-19 realizados até quarta-feira (17) nas sete Unidades de Saúde da Família de Pompeia e contabilizou um número de testes aplicados três vezes maior que a média do estado. Em Pompeia, 215 testes rápidos para o novo Coronavírus já foram realizados. A média do estado de São Paulo é de 320,35 testes para cada 100 mil habitantes, ou cerca de 70,5 para cada 22 mil habitantes. 

FacebookTwitterWhatsApp

voltar para a listagem de notícias...